vital cooperação militar com Brasil - Mundo - iG" /

EUA qualificam de vital cooperação militar com Brasil

Washington, 3 mar (EFE).- O chefe do Estado-Maior Conjunto dos Estados Unidos, o almirante Mike Mullen, assegurou que a cooperação militar com o Brasil é vital como parte das relações bilaterais, informou hoje o Pentágono.

EFE |

Mullen se reuniu na segunda-feira com o ministro da Defesa, Nelson Jobim, e dirigentes das Forças Armadas do Brasil no Comando Militar da Amazônia, em Manaus.

O almirante, que como chefe do Estado-Maior é o principal assessor em matéria militar do presidente americano, Barack Obama, assinalou que o Brasil é um país "vital" não só para a América do Sul, mas para os Estados Unidos e o resto do mundo.

Ressaltou a importância destes contatos para o conjunto da conjuntura bilateral, e assegurou que do ponto de vista militar "esta relação é absolutamente vital".

Jobim e Mullen visitaram o 8º Batalhão de Infantaria de Selva, em Tabatinga, município que faz divisa com Colômbia e Peru, e o posto especial de fronteira na cidade de Ipiranga.

O Brasil estabeleceu um posto de avançada nessa região fronteiriça em 1980 para lutar contra o contrabando e o narcotráfico.

Mullen assinalou que "se aprende muito mais no terreno que na capital", e ressaltou a disciplina e profissionalismo dos militares brasileiros, informou o Pentágono em comunicado.

Jobim enfatizou que a confiança é algo essencial na relação bilateral, e disse confiar no almirante Mullen.

O Exército brasileiro e o americano trabalharam conjuntamente nas operações de manutenção de paz das Nações Unidas no Haiti e em outros lugares.

Além disso, realizaram manobras conjuntas e sua cooperação inclui um amplo programa de troca no qual suboficiais americanos frequentam a Escola do Amazonas e os cadetes brasileiros vão à Academia Militar de West Point, no estado de Nova York.

A visita ao Brasil faz parte de uma viagem que Mullen começou pela América Latina e que o levará ainda a Chile, Peru, Colômbia e México.

A próxima escala de seu giro pela América Latina é o Chile, onde deve se reunir com o ministro da Defesa, José Goñi, e com o chefe do Estado-Maior da Defesa Nacional, o general Alfredo Ewing. EFE elv/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG