injustificada expulsão de diplomata na Bolívia - Mundo - iG" /

EUA qualificam de injustificada expulsão de diplomata na Bolívia

Washington, 9 mar (EFE).- O Governo dos Estados Unidos qualificou hoje de injustificada a decisão do presidente da Bolívia, Evo Morales, de expulsar do país o diplomata da embaixada americana Francisco Martínez, e negou as acusações feitas pelo governante contra ele.

EFE |

A decisão "contradiz as declarações recentes do Governo da Bolívia que expressavam desejo de melhorar as relações bilaterais", disse à Agência Efe Andy Lain, um porta-voz do Departamento de Estado americano.

Morales declarou hoje "persona non grata" Martínez, segundo secretário da embaixada americana, a quem acusou de conspirar com os opositores ao Governo e de estar vinculado com uma suposta trama de espionagem organizada pela CIA (agência central de inteligência dos EUA).

"Rejeitamos as acusações feitas pelo Governo da Bolívia. Esta decisão é injustificada", disse Laine, que destacou que La Paz ainda não comunicou oficialmente a medida pela via diplomática.

Em setembro do ano passado, a Bolívia expulsou o embaixador de Washington em La Paz Philip Goldberg, supostamente por conspirar com a oposição contra Morales, e, em resposta, os EUA fizeram o mesmo com o embaixador boliviano Gustavo Guzmán. EFE cma/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG