EUA prometem melhorias na política de direitos humanos

Washington, 25 fev (EFE).- O Governo dos Estados Unidos se comprometeu hoje a melhorar sua política de direitos humanos em solo americano, depois de divulgar algumas das críticas que recebeu da comunidade internacional.

EFE |

"O Governo dos EUA continuará escutando e respondendo sem rodeios as preocupações sobre nossas próprias práticas", assegurou a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, na introdução do "Relatório sobre a Situação dos Direitos Humanos no Mundo", publicado hoje.

O Departamento de Estado americano apresenta anualmente ao Congresso este documento, no qual analisa a situação dos direitos humanos no mundo e que serve para marcar a pauta de sua política externa.

"A promoção dos direitos humanos é uma peça essencial em nossa política externa", afirmou Hillary, que assegurou que as leis, as políticas e as práticas dos Estados Unidos nesta matéria "evoluíram consideravelmente nos últimos anos e isso continuará acontecendo".

A secretária de Estado americana citou como exemplo o decreto assinado pelo presidente dos EUA, Barack Obama, em 22 de janeiro, dois dias após assumir o cargo, ordenando o fechamento da prisão de Guantánamo.

"Nós e outras nações soberanas temos a obrigação com a comunidade internacional de respeitar os direitos humanos e as liberdades universais de nossos cidadãos, e a responsabilidade de denunciar quando acreditamos que isso não está acontecendo ", disse Hillary.

Os Estados Unidos iniciaram uma etapa de revisão de sua política internacional em relação a algumas regiões do mundo, o que levou a chefe da diplomacia americana iniciar uma série de viagens internacionais para estabelecer novos laços. EFE elv/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG