Cinquenta e duas pessoas foram detidas nesta quarta-feira nos Estados Unidos como parte de uma ação, a Operação Xcellerator, voltada para o potente cartel da droga mexicano Sinaloa, anunciou o Procurador-Geral de Justiça americano, Eric Holder.

Mais de 750 pessoas já foram detidas nos Estados Unidos e no México em virtude desta operação de quase dois anos de duração, disse Holder.

O cartel de Sinaloa - um dos mais poderosos -, deve seu nombre ao Estado mexicano da costa do Pacífico.

Até agora, foram apreendidas 23 toneladas de drogas, avaliadas em quase 60 milhões de dólares, 8 kg de heroína e 1,3 milhões de pílulas de extasy, explicou o departamento de Justiça em comunicado.

jz/chl/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.