EUA preparam segunda fase de ajuda ao Haiti após passagem de furacões

Washington, 15 set (EFE).- Os Estados Unidos preparam a segunda fase de envio de ajuda ao Haiti para atenuar os efeitos dos furacões e tempestades tropicais que castigaram o país em menos de um mês, informou hoje o Departamento da Defesa americano.

EFE |

No último fim de semana, a embarcação Kearsarge levou até o Haiti uma carga com 114 toneladas de ajuda e o Exército americano continua dando apoio logístico às comunidades mais afastadas que ficaram desabrigadas.

A tempestade tropical "Hanna" e os furacões "Gustav" e "Ike" inundaram boa parte do país e deixaram 500 mortos, o que deixa o Haiti imerso em uma situação de emergência.

Até o momento, o Governo americano, que anunciou no dia 10 de setembro que daria ajudas da ordem de US$ 10 milhões, enviou 466 toneladas de material de socorro e prevê que o Kearsarge continuará operando no Haiti.

Nesta nova fase será enviada assistência médica e ajuda para o início dos trabalhos de reconstrução das infra-estruturas que ficaram danificadas.

A Agência Americana de Cooperação para o Desenvolvimento Internacional (USAID) avaliará o impacto dos furacões nas infra-estruturas e determinará que consertos são necessários fazer primeiro.

Por outro lado, o Departamento de Estado afirmou que Cuba rejeitou uma ajuda humanitária do Governo dos EUA de US$ 5 milhões para as vítimas dos furacões.

No sábado, o Governo americano informou ao regime cubano que estava disposto a fornecer ajuda humanitária no valor de US$ 5 milhões e que existia a possibilidade de realizar vôos à ilha com material de primeira necessidade.

No último domingo, o Governo cubano rejeitou a assistência humanitária com o argumento de que não aceitará uma doação dos EUA, explicou o porta-voz do Departamento de Estado, Sean McCormack. EFE elv/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG