EUA prendem 60 por envolvimento em rede global de pornografia infantil

Washington, 12 dez (EFE).- O Departamento de Justiça dos Estados Unidos informou hoje a detenção de 60 pessoas acusadas de participar de uma rede global de pornografia infantil, como parte da chamada Operation Joint Hammer.

EFE |

Após uma reunião com líderes de Justiça e Segurança Nacional da União Européia (UE), o secretário de Justiça dos EUA, Michael Mukasey, disse que, com segurança, o número de detenções aumentará.

Aparentemente, a operação policial contra os que traficam e lucram com a pornografia infantil começou graças à ajuda das autoridades européias, que compartilharam seus dados com os Estados Unidos.

O Departamento de Justiça indicou em comunicado que, como parte das investigações, as autoridades conseguiram identificar 11 crianças que foram vítimas dos criminosos.

A agência federal disse que, durante as investigações, detectou várias redes cibernéticas de pornografia infantil nas quais "perigosos internautas não só trocavam material pornográfico infantil, mas abusavam sexualmente de crianças". EFE mp/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG