mudança fundamental na política no Afeganistão, diz estudo - Mundo - iG" /

EUA precisam de mudança fundamental na política no Afeganistão, diz estudo

Washington, 8 jan (EFE).- Os Estados Unidos precisam de uma mudança fundamental em sua política no Afeganistão se desejam conseguir a estabilização, a longo prazo, do país, afirma um relatório de especialistas divulgado hoje pelo Instituto Americano da Paz.

EFE |

O estudo, intitulado "O Futuro do Afeganistão", será divulgado ainda hoje em uma conferência da qual deve participar o chefe do Comando Central americano, general David Petraeus.

O oficial, que até poucos meses atrás era o comandante militar americano no Iraque, promoveu uma mudança de estratégia no conflito iraquiano, e agora está à frente da província militar do Pentágono que cobre desde o leste da África ao sul da Ásia, incluindo o Afeganistão.

"É necessário um enfoque coerente e de longo prazo para a estabilidade do Afeganistão e da região, a fim de tirar esse país do ciclo de insegurança, insurgência, impunidade e corrupção", disse Alexander Thier, que editou o relatório.

O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou que concorda com a opinião de Petraeus e dos comandantes militares americanos no Afeganistão, país invadido em 2001, no sentido de que o Pentágono deve aumentar suas tropas no país.

Obama destacou sua disposição de enviar pelo menos três brigadas adicionais, e o Pentágono já começou, este mês, a reforçar as tropas com o envio de uma frente de combate.

"Qualquer esforço para conseguir a estabilidade somente através do aumento de tropas ignorará os assuntos mais amplos e levará, no melhor dos casos, a melhorias passageiras", segundo o Instituto da Paz.

Petraeus apresentará sua avaliação militar a Obama após a posse do novo presidente, em 20 de janeiro. EFE jab/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG