EUA precisam de autorização para visitar cocaleiros, adverte Morales

La Paz, 21 jul (EFE).- O presidente da Bolívia, Evo Morales, assegurou hoje que o subsecretário adjunto dos Estados Unidos para o Hemisfério Ocidental, Thomas Shannon, não pode programar uma visita à região cocaleira de Chapare sem autorização do Governo.

EFE |

"A Bolívia é um país soberano, e qualquer visita de funcionários estrangeiros necessariamente tem de obter autorização do Governo", declarou o presidente boliviano à Agência Boliviana de Informação (ABI, estatal).

Shannon adiou para amanhã seu encontro com Morales em La Paz.

Devido a problemas com vôos, não conseguiu chegar ontem à Bolívia, onde tinha previsto visitar a região cocaleira de Chapare, no departamento (estado) de Cochabamba.

O subsecretário americano pretende fazer com que seu encontro com Morales sirva para reconduzir as relações bilaterais entre EUA e Bolívia, afetadas nas últimas semanas por vários incidentes que incluíram chamadas para consultas do embaixador americano em La Paz.

EFE az/fr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG