EUA: policía investiga nexos de sequestrador com assassinato de prostitutas

A polícia investigava nesta sexta-feira possíveis vínculos de Phillip Garrido, acusado do sequestro de Jaycee Lee Dugard, e revistou sua casa em busca de possíveis provas ligadas ao assassinato não solucionado de 10 prostitutas na década de 90, informou a mídia local.

AFP |

"A polícia de Pittsburg revistou esta manhã a casa de Antioch para investigar uma potencial conexão entre a série de assassinatos de prostitutas na área da baía nos anos 90", disse o capitão Daniel Terry, da delegacia do condado de Contra Costa, citado pelo jornal The Sacramento Bee.

Procurado pela AFP, Terry não estava disponível para comentar a ação policial.

Vários corpos foram encontrados entre 1998 e 1999 em uma área industrial perto do local onde Garrido trabalhava.

Terry havia informado que Garrido já havia sido interrogado pelas autoridades sobre estas mortes, mas não deu nenhum sinal de estar envolvido.

Phillip Garrido, de 58 anos, e sua mulher Nancy, de 54, se declararam inocentes das 29 acusações apresentadas por ter sequestrado Jaycee Lee Dugard em 1991, quando ela tinha apenas 11 anos.

Dugard, hoje com 29 anos, foi descoberta na quarta-feira e as revelações de seu sequestro revoltaram o país.

pb/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG