Seul - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, poderia assinar um compromisso sobre a permanência de seu guarda-chuva nuclear sobre a Coreia do Sul durante a visita de seu colega sul-coreano a Washington, em meados de julho, informou hoje a agência local Yonhap.

Segundo fontes do Governo de Seul citadas pela Yonhap, pela primeira vez os Estados Unidos poderiam comprometer-se a proteger a Coreia do Sul com seu chamado "guarda-chuvas nuclear", algo que já acontecia de maneira tácita desde o fim da Guerra da Coreia em 1953.

Segundo fontes do escritório presidencial, ambos os líderes poderiam assinar um comunicado conjunto referido à proteção americano de seu aliado asiático mediante a dissuasão nuclear.

No encontro entre o presidente sul-coreano, Lee Myung-bak, e seu colega Barack Obama na Casa Branca, ambos falarão sobre a crise suscitada após o segundo teste nuclear da Coreia do Norte.

A reunião vai acontecer no dia 16 de junho e nela os dois líderes discutirão medidas de resposta à Coreia do Norte pelo teste nuclear.

Leia também:

Leia mais sobre: Coreia do Norte

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.