EUA podem financiar tribunal internacional para crimes do Khmer Vermelho

Phnom Penh, 25 ago (EFE).- Os Estados Unidos financiarão o tribunal internacional que julga os antigos dirigentes do Khmer Vermelho por genocídio e crimes contra a humanidade tão logo a ONU esclareça as acusações de corrupção, disse hoje o embaixador americano no Camboja, Joseph A.

EFE |

Mussomeli.

"Há problemas de corrupção", disse Mussomeli, em seu último discurso perante a imprensa antes de deixar o país e o cargo, em referência ao recente caso de pagamentos irregulares de empregados cambojanos do tribunal a seus superiores.

O diplomata disse "que o processo se desenvolve, de um ponto de vista judicial, de forma correta".

Organizado pela ONU e o Camboja, o tribunal internacional deve começar a julgar este ano as cinco pessoas detidas em 2007, todas elas ex-membros do Khmer Vermelho.

O Khmer Vermelho governou o país asiático entre 1975 e 1979, período no qual 1,7 milhão de pessoas perderam a vida em expurgos e deportações maciças. EFE jcp/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG