EUA podem acelerar saída de tropas do Iraque, diz Gates

Washington - Os Estados Unidos podem acelerar o retorno de algumas de suas tropas no Iraque caso a violência nesse país continue a diminuir, declarou nesta quinta-feira o secretário de Defesa americano, Robert Gates.

EFE |

"Acho que existe pelo menos alguma possibilidade de uma aceleração modesta" no retorno de soldados, disse Gates em uma conversa com jornalistas dentro de um avião militar que se dirigia ao estado americano da Virgínia.

"Depende das circunstâncias, pode ou não ocorrer", acrescentou.

Os primeiros a retornar aos EUA seriam os cinco mil membros de uma brigada de combate.

O presidente americano, Barack Obama, afirmou que pretende manter em 2009 o atual contingente de quase 130 mil soldados no Iraque apesar de se opor ao conflito quando era candidato à Casa Branca.

Segundo o presidente, o retorno das tropas americanas começaria de forma gradual a partir do ano que vem.

Os sinais de um retorno antecipado para alguns soldados foram confirmados na Casa Branca pelo porta-voz Robert Gibbs. Segundo ele, "se as condições se mantiverem, é possível que o programa possa ser acelerado".

No entanto, Gibbs esclareceu que até agora nenhuma medida concreta foi tomada e que a situação está sob observação.

De acordo com fontes do Governo americano, a entrega do controle de algumas cidades iraquianas às forças de segurança locais pode frear os avanços conseguidos até agora.

No entanto, em sua conversa com os jornalistas, Gates declarou que o general Ray Odierno, comandante geral dos EUA no Iraque, relatou que a situação de segurança no país é melhor do que se esperava.

Leia mais sobre: Iraque

    Leia tudo sobre: euaeua no iraqueiraque

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG