EUA planejam divulgar provas de que o Irã envia armas ao Iraque, diz jornal

Washington, 25 abr (EFE).- O Departamento de Defesa americano afirma que o Irã continua enviando armas ao Iraque, apesar de ter se comprometido ao contrário, segundo o jornal The Wall Street Journal, que indica que os Estados Unidos planejam divulgar as provas em breve.

EFE |

Funcionários em Washington e Bagdá informaram ao "Wall Street Journal" que os morteiros, foguetes e explosivos detectados têm selos que indicam que foram fabricados durante os dois últimos meses.

O jornal destaca que os EUA planejam divulgar os detalhes das apreensões de armas durante os próximos dias.

Dois comandantes disseram ao jornal que a citada apresentação de provas foi fixada provisoriamente para a próxima segunda-feira.

O "Wall Street Journal" indica que as acusações representam um endurecimento da retórica americana contra o Irã, que, segundo altos funcionários do país, é agora a maior ameaça a longo prazo para o Iraque.

O jornal lembra que Michael Mullen, chefe do Estado-Maior Conjunto americano, disse este mês que o apoio iraniano aos grupos xiitas extremistas aumentou.

Teerã nega ter canalizado armas para o Iraque ou ter oferecido treinamento aos militantes xiitas no país vizinho, e considerou que as acusações de Washington eram propaganda.

Vários funcionários militares disseram ao jornal que as apreensões de armas jogarão por terra os desmentidos de Teerã e darão novas provas do apoio iraniano aos militantes xiitas no Iraque. EFE tb/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG