EUA perderam bilhões por não reformar marco legal, diz Obama

Moscou, 7 jul (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse hoje que seu país perdeu durante os últimos anos bilhões de dólares por não reformar o marco legal e aliviar os trâmites administrativos.

EFE |

"Durante anos, bilhões de dólares foram perdidos, só porque não reformamos nossas leis", afirmou Obama, durante discurso em um fórum empresarial russo-americano em Moscou.

Obama, que assistiu ao encontro junto com o presidente russo, Dmitri Medvedev, ressaltou a importância de "trabalhar para resolver os problemas relacionados à burocracia".

"As relações devem ir à frente dos laços entre os Governos e devem alcançar a sociedade. Queremos comprar produtos na Rússia e queremos que a Rússia compre a nós", comentou.

Sobre isso, elogiou as palavras do presidente russo sobre a necessidade de uma boa base legal para estimular o crescimento econômico.

Além disso, defendeu que os dois países aumentem os investimentos, a que os Governos russo e americano devem "dedicar todas suas energias".

"Devemos cooperar em (um marco de) transparência e Estado de direito. Nessas condições, os investimentos se tornarão realidade", disse.

O dirigente americano disse que são insuficientes os intercâmbios comerciais bilaterais, que foram de US$ 36 bilhões em 2008.

Afirmou que "isso é só 1% do comércio com os outros países do mundo e esse número não mudou desde os tempos da Guerra Fria".

Obama disse que as trocas comerciais entre EUA e Tailândia, país que tem a metade de habitantes, são similares às existentes com a Rússia.

"Esse número não reflete o verdadeiro potencial de nossas relações econômicas. Podemos fazer muito mais", disse, ressaltando o interesse dos Estados Unidos em que a Rússia seja um país "próspero".EFE mv-io/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG