EUA pedirão a aliados europeus mais ajuda para Afeganistão

Paris, 24 mar (EFE).- Os Estados Unidos pedirão à Europa que aumente sua ajuda civil no Afeganistão durante a cúpula da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) da próxima semana, antecipou hoje o conselheiro de Segurança Nacional da Casa Branca, o general James Jones.

EFE |

"A grande mudança estratégica é o apoio no âmbito civil", disse o general americano, em entrevista divulgada hoje pela rede de televisão "i-Télé", na qual antecipou que "vamos pedir a nossos amigos que pensem na reconstrução".

Nesse campo, "não fizemos bem as coisas nos últimos quatro ou cinco anos", reconheceu o general Jones em outra entrevista, ao jornal "Le Monde", na qual ressalta que a ajuda deve ser coordenada, com uma maior coesão internacional.

Os EUA já trabalham "com França, Alemanha e outros muitos países para renovar nosso esforço do ponto de vista da reconstrução civil", acrescentou.

O conselheiro de Segurança Nacional precisou que o representante da ONU em Cabul, o norueguês Kai Eide, será o encarregado de dirigir esse esforço na reconstrução civil.

Sobre a segurança, o general Jones disse que o objetivo é criar um Exército afegão capaz de defender o país, assim como um sistema judiciário e policial que garanta a proteção dos afegãos. EFE pi/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG