EUA pedem verificação imediata de arsenal norte-coreano

Pequim, 9 jul (EFE).- O delegado americano no diálogo de seis lados para a desnuclearização da Coréia do Norte, Christopher Hill, pediu a verificação o mais rápido possível do relatório atômico apresentado por Pyongyang.

EFE |

Hill chegou a Pequim para participar da retomada do diálogo entre as duas Coréias, os EUA, a Rússia, o Japão e o país anfitrião, a China, a partir de quinta-feira.

O funcionário americano disse que a verificação tem de acontecer "o mais rápido possível para concluir a segunda fase e possibilitar a discussão dos objetivos da terceira".

A Coréia do Norte entregou recentemente um relatório de suas instalações nucleares de plutônio, mas que não inclui as armas fabricadas nem o suposto programa secreto de urânio.

Com a divulgação do relatório e a destruição da torre de refrigeração da central norte-coreana de Yongbyon, no final de junho, os EUA prometeram tirar a Coréia do Norte de sua lista de patrocinadores do terrorismo e suspender as sanções econômicas ao regime stalinista.

Na terceira fase, Pyongyang tem de declarar todo o seu armamento nuclear, em troca de receber a quantidade que completa um milhão de toneladas de petróleo pesado por parte dos outros cinco países, além de estabelecer laços diplomáticos com EUA e Japão.

Segundo os Estados Unidos, a verificação do processo de desnuclearização deve incluir documentos, visitas às instalações e reuniões. EFE mz/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG