Washington, 8 abr (EFE).- O Governo dos Estados Unidos pediu hoje aos organizadores das passeatas convocadas para amanhã na Geórgia pela oposição contra o Governo do presidente Mikhail Saakashvili a que se manifestem de forma pacífica.

O porta-voz do Departamento de Estado, Robert Wood, disse, em nota, que os Estados Unidos apoiam o povo da Geórgia "em seus esforços para construir uma democracia", em momentos de instabilidade nesse país pelo descontentamento popular com o Governo.

Wood acrescentou que as manifestações pacíficas são uma parte importante de qualquer democracia e constituem "uma forma integral e aceitável para expressar opiniões políticas".

Ele enfatizou que os Estados Unidos "estão prontos para continuar e aprofundar seu apoio às reformas essenciais para o sucesso da Geórgia como uma democracia em que os eleitores determinem o futuro político do país".

Uma pesquisa divulgada pela oposição em Tbilisi em 31 de março apontou que 86% dos georgianos são favoráveis à convocação de eleições presidenciais antecipadas.

O bloco opositor Aliança para a Geórgia diz que Saakashvili não conta com o respaldo dos cidadãos e, portanto, deve renunciar.

Mas o presidente, no poder desde 2003, disse que sua intenção é completar seu segundo mandato, que expira em 2013. EFE mp/jp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.