EUA pedem que Governo e oposição da Bolívia retomem diálogo

Washington, 11 ago (EFE).- O Governo dos Estados Unidos pediu hoje ao Governo e à oposição bolivianos que aproveitem o referendo revogatório deste domingo para travarem um diálogo franco e resolverem suas diferenças.

EFE |

Em um breve comunicado, o porta-voz adjunto e interino do Departamento de Estado americano, Robert Wood, parabenizou os bolivianos pela participação "pacífica e ordenada" na vatoção de ontem.

"Pedimos a todas as partes a que aproveitem esta oportunidade, iniciem um diálogo franco, resolvam temas pendentes e definam um caminho que una todos os bolivianos", afirmou Wood no comunicado.

Segundo o funcionário, a Casa Branca apóia os esforços da Organização dos Estados Americanos (OEA), da Igreja Católica e da comunidade internacional para facilitar esse diálogo, e "está pronta para ajudar" na mediação.

Os EUA também reiteraram seu apoio à unidade e à integridade territorial da Bolívia, bem como sua intenção de ser um "bom parceiro" do país "em sua caminho a um futuro mais democrático e próspero".

No referendo, os bolivianos tiveram que votar pela continuidade ou revogação dos mandatos do presidente Evo Morales, de seu vice, Álvaro García Linera, e de oito dos nove governadores departamentais (estaduais) do país, seis deles da oposição. EFE ca/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG