Tamanho do texto

CRAWFORD (Reuters) - A Casa Branca disse nesta sexta-feira que está muito preocupada com as ações do Hezbollah no Líbano e fez um apelo ao Irã e à Síria para que estas nações parem de apoiar o grupo militante libanês. Temos confiança no governo do Líbano, disse o porta-voz da Casa Branca Gordon Johndroe a jornalistas em Crawford, no Texas, depois que o Hezbollah tomou o controle da metade muçulmana da cidade de Beirute, apertando seu poder na cidade em um grande golpe para o governo libanês apoiado pelos Estados Unidos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.