EUA pedem fim imediato de combates e atendimento de civis tâmeis

Nova Délhi, 25 abr (EFE).- Os Estados Unidos exigiram o fim imediato das hostilidades entre o Exército e a guerrilha no Sri Lanka e pediram que as duas partes permitam a saída dos civis apanhados nas áreas de conflito.

EFE |

"Os EUA estão profundamente preocupados com a difícil situação dos civis apanhados no conflito entre o Governo do Sri Lanka e os Tigres Tâmeis, e as mortes em ascensão", indicou a secretaria de imprensa da Presidência americana em comunicado divulgado ontem à noite pela Embaixada do país em Colombo.

A Casa Branca também exigiu ao Governo do Sri Lanka que deixe de bombardear as áreas de segurança - delimitadas para que os civis pudessem se refugiar - e que permita o acesso das organizações de ajuda às pessoas que conseguiram escapar.

O Exército do Sri Lanka lançou na última segunda-feira uma ofensiva sobre a faixa litorânea do nordeste que está em poder da guerrilha, e na qual até então permaneciam dezenas de milhares de civis em péssimas condições humanitárias. EFE daa/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG