EUA pedem a Netanyahu que congele colonização por um ano

WASHINGTON - Os Estados Unidos pediram ao primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, que se comprometa a congelar durante um ano a colonização judia na Cisjordânia ocupada, informou nesta quinta-feira o jornal Haaretz.

Redação com agências internacionais |

No entanto, um porta-voz da presidência do Conselho, indagado pela AFP, afirmou que não estava a par das informações publicadas pelo Haaretz e que se tratava de "meras especulações da mídia, que infelizmente surgem a toda hora".

De acordo com o Haaretz, que cita fontes ligadas ao caso, o pedido americano foi transmitido pelo emissário especial para o Oriente Médio, George Mitchell, durante conversações da semana passada, em Jerusalém, com Netanyahu e seu ministro da Defesa, Ehud Barak.

Mitchell explicou que os países árabes não tomarão qualquer medida de normalização e que não aceitarão fazer nenhuma concessão a Israel sem ter obtido previamente a garantia do cessar da construção nas colônias da Cisjordânia, segundo ainda o jornal.

O governo Obama exige o congelamento total da colonização na Cisjordânia ocupada e em Jerusalém Oriental anexada, visando a dar um novo impulso ao processo de paz entre Israel e os palestinos.

Segundo um informe oficial, mais de 300 mil colonos israelenses vivem na Cisjordânia.

Leia mais sobre Cisjordânia

    Leia tudo sobre: cisjordânia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG