EUA pedem à Coreia do Norte fim das hostilidades

Seul - O comandante das forças dos Estados Unidos na Coreia do Sul, general Walter Sharp, pediu hoje à Coreia do Norte que pare com as contínuas provocações, um dia após ser informado sobre o lançamento de um míssil por parte de Pyongyang.

EFE |

Em sua primeira declaração desde que começou a crise, Sharp assegurou que as forças americanas estão preparadas para "qualquer situação" e que estão vigiando "muito de perto" o país comunista, segundo informou a agência de notícias "Yonhap".

O chefe militar dos soldados americanos em Seul advertiu que a intenção de Pyongyang de declarar nulos os acordos de não agressão com Seul e de continuar com seu desenvolvimento armamentista são uma provocação.

Segundo o Pentágono, o teste de um míssil balístico seria uma violação das resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Leia mais sobre: Coreia do Norte

    Leia tudo sobre: coréia do norte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG