EUA pede a vizinhos do Iraque que blindem fronteiras contra terroristas

Os Estados Unidos pediram que os vizinhos do Iraque impeçam a entrada de terroristas e armas nesse país do Golfo, durante uma reunião internacional en Damasco sobre a segurança.

AFP |

"Esperamos que após esta reunião, todas as partes se comprometam novamente a pôr fim ao fluxo de terroristas, assim como à passagem de armas e dinheiro que são utilizados no Iraque e em toda a região", indicou em um comunicado a representante dos Estados Unidos em Damasco, Maura Connelly.

Esperamos "que esse compromisso se traduza em atos", acrescentou.

Essa reunião, realizada menos de um mês depois da incursão norte-americana à Síria a partir do Iraque, reúne representantes de países vizinhos do Iraque e os cinco membros do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU).

O Parlamento iraquiano se pronunciará na quarta-feira sobre o projeto de acordo de segurança com os Estados Unidos que prevê a retirada das tropas norte-americanas antes do final de 2011.

Estados Unidos, Grã-Bretanha, França, China, Rússia, Japão, Turquia, Síria, Iraque, Egito e Jordânia estiveram presentes na reunião, assim como a ONU e a Organização da Conferência Islâmica e da Liga Árabe. A Arábia Saudita não compareceu.

rm/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG