EUA participarão de reunião em Genebra sobre crise na Geórgia

GENEBRA - Os Estados Unidos participarão das reuniões internacionais que começarão em 15 de outubro em Genebra com o objetivo de solucionar a crise entre Rússia e Geórgia, pelas disputas em torno das regiões separatistas da Ossétia do Sul e da Abkházia.

EFE |

Fontes diplomáticas européias informaram nesta segunda-feira que "a presença dos EUA foi acordada ao longo dos preparativos e das consultas entre as partes interessadas" para chegar até a convocação da reunião.

Não foi esclarecido pelas fontes qual das partes solicitou a presença americana, mas informaram que a participação dos EUA se justifique pelo importante "papel que desempenham" no conflito.

A reunião de quarta-feira foi qualificada de "discussões" pelas fontes, que disseram que não se trata de negociações nem de uma conferência, e será em nível de altos funcionários.

A reunião, que acontecerá no Palácio das Nações, terá a presença também de representantes da União Européia (UE), da ONU e da Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE), três instituições que contam com observadores na Geórgia.

Rússia e Geórgia serão representadas por vice-ministros, aparentemente da mesma forma que os EUA. Ainda se está discutindo a modalidade de participação dos representantes da Ossétia do Sul e da Abkházia, as duas regiões separatistas georgianas cuja independência foi reconhecida pela Rússia.

Moscou pôs como condição para ir à reunião que estejam presentes os representantes de ambas as regiões.

    Leia tudo sobre: rússia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG