EUA: Otan deve reforçar defesa de países bálticos

Após a ofensiva russa na Geórgia, a Otan deve fortalecer a defesa dos três países bálticos - Letônia, Estônia e Lituânia -, declarou o novo representante americano na aliança atlântica, em entrevista ao jornal britânico Financial Times.

AFP |

Em Bruxelas, após participar da reunião de emergência dos líderes da União Européia, Kurt Volker destacou a importância da Otan manter sua credibilidade.

"Estes países (bálticos) são membros da Otan e se houver um ataque contra eles, vamos responder em conjunto", disse Volker ao jornal.

"Estão nervosos de ver como a Rússia utiliza a força militar para invadir um Estado soberano, um pequeno país vizinho".

Volker explicou que a Otan deve enviar sinais claros de que ajudará os países bálticos e de que aplicará seu artigo 5, que garante a defesa de cada um dos signatários do pacto.

"Precisamos garantir (...) o cumprimento do artigo 5, não apenas do ponto de vista político, mas também no campo militar", argumentou.

psr/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG