EUA ordenam retirada do Haiti de 80 funcionários e parentes

WASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos disseram nesta quarta-feira terem ordenado a retirada do Haiti de 80 funcionários não-essenciais da embaixada norte-americana e de familiares para que a missão possa se empenhar no auxílio às vítimas do terremoto. Pedimos a saída de aproximadamente 80 esposas, crianças e pessoal não-essencial, disse a repórteres Cheryl Mills, conselheiro e chefe de gabinete da secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton.

Reuters |

"Isto (a saída) começará a acontecer mais tarde hoje e então podemos garantir que a infraestrutura e os recursos que estão lá podem ser propriamente concentrados naqueles que precisam".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG