EUA oferecem US$ 2 bilhões ao Paquistão em ajuda militar

Valor se somará a US$ 7,5 bilhões em ajuda civil já prometidos pelos americanos num período de cinco anos

iG São Paulo |

A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, afirmou nesta sexta-feira que os Estados Unidos oferecerão US$ 2 bilhões em ajuda militar ao Paquistão. O valor, que ainda está sujeito à aprovação parlamentar, se somará aos US$ 7,5 bilhões em ajuda civil que os EUA prometeram ao país num período de cinco anos.

"Quando se trata de luta contra o terrorismo, os Estados Unidos não têm parceiro mais forte que o Paquistão", afirmou Hillary, no último dia de um encontro entre autoridades dos dois páises, realizado em Washington.

Com o novo pacote, o governo Obama também vai cobrar mais ações do governo paquistanês para combater insurgentes islâmicos no país. O Paquistão é considerado um importante aliado dos EUA na luta contra os talebans no Afeganistão.

Ataques

O anúncio da ajuda militar ao Paquistão é feito no mesmo dia em que dois atentados no país mataram nove pessoas, entre elas seis soldados e duas crianças.

Uma bomba explodiu logo após a oração de sexta-feira em uma mesquita lotada de fiéis em Peshawar, no noroeste do Paquistão. Pelo menos 22 pessoas ficaram feridas. Outra explosão ocorreu em uma estrada na zona tribal de Orakzai, reduto da insurreição taleban.

Com EFE e AFP

    Leia tudo sobre: paquistãoeuaterrorismo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG