Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

EUA oferecem ajuda para encontrar diplomata da ONU que desapareceu no Níger

Washington, 18 dez (EFE).- O Departamento de Estado americano expressou hoje sua profunda preocupação pelo desaparecimento no Níger do enviado especial da ONU para este país, o diplomata canadense Robert Fowler, e ofereceu sua ajuda para encontrá-lo.

EFE |

Em um breve comunicado, o porta-voz adjunto do Departamento de Estado, Robert Wood, prometeu o "pleno apoio" dos Estados Unidos aos Governos do Canadá e do Níger, assim como à ONU na busca de Fowler, seu assistente Louis Guay e seu motorista, que desapareceram no domingo passado quando estavam a cerca de 50 quilômetros a nordeste de Niamey, capital do país.

O grupo rebelde tuaregue Frente de Forças de Recuperação (FFR) reivindicou inicialmente o seqüestro de Fowler, mas depois desmentiu que esteja envolvido no desaparecimento do enviado especial da ONU para o Níger.

As autoridades nigerinas disseram à ONU que o veículo de Fowler foi encontrado abandonado em uma localidade que fica a cerca de 50 quilômetros a nordeste de Niamey.

O desaparecimento do diplomata, de seu ajudante e do motorista do veículo inscrito no Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) aconteceu enquanto o enviado especial estava em contato com funcionários governamentais nas proximidades da capital.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, nomeou Fowler, de 64 anos, como seu enviado em julho de 2008 com a missão de ajudar a estabilizar o Níger, castigado por uma rebelião na região norte deste país. EFE cae/fal

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG