EUA nega acusação de Morales de que apóia o tráfico de drogas na Bolívia

O Departamento de Estado americano afirmou que sao claramente absurdas as acusações do presidente boliviano Evo Morales de que o governo americano incentiva o tráfico de drogas na Bolívia.

AFP |

"Se o governo boliviano decidir cortar suas relações de trabalho conosco em relação à luta contra os narcóticos, isso afetará o povo boliviano", afirmou, além disso, o porta-voz adjunto do departamento de Estado, Robert Wood, ao jornalistas em seu encontro diário com a imprensa. "E vamos continuar buscando formas de fazer o que pudermos para lutar contra os narcóticos na região", concluiu.

Morales acusou na quinta-feira a Agência Antidrogas dos Estados Unidos (DEA) de "fomentar" o narcotráfico e ratificou sua decisão de suspender as atividades dessa repartição em seu país, ao mesmo tempo que prometeu "nacionalizar" a luta antinarcóticos.

O chefe de Estado disse ter documentação suficiente para justificar sua denúncia.

mr/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG