Santiago do Chile, 8 fev (EFE).- A ex-secretária de Estado americana Condoleezza Rice afirmou hoje que não compartilha a opinião de alguns analistas de que os Estados Unidos estão despreocupados com a América Latina.

"Não acho que isso seja verdade. Algumas pessoas podem pensar isso por causa das crises importantes com as quais tivemos que lidar em outras partes", disse a ex-secretária de Estado ao diário chileno "La Tercera".

Rice afirmou ainda que o ex-presidente George W. Bush viajou à região mais que outros líderes, e disse que foram firmadas parcerias importantes com países latino-americanos, como a relação com o Brasil em temas energéticos.

Sobre Cuba, a ex-secretária de Estado assinalou que ficaria muito feliz em celebrar a democracia na ilha, mas advertiu que essa é uma decisão que corresponde aos próprios cubanos.

"Fizemos o que podíamos ter feito: colaboramos com a sociedade civil, não permitimos ao regime o uso de meios que fortalecessem o regime ditatorial, e estabelecemos uma série de medidas para colaborar decisivamente com a democracia cubana uma vez iniciada a transição", afirmou. EFE mc/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.