EUA não descartam ataque ao Irã, afirma general russo

O chefe do Estado-Maior Geral das Forças Armadas da Rússia, general Nikolai Makarov, declarou nesta quarta-feira que é possível que os Estados Unidos façam no futuro um ataque ao Irã.

EFE |

"Atualmente, os EUA desenvolvem duas operações militares: no Afeganistão e no Iraque. Uma terceira seria para eles um desastre", disse o chefe militar russo em entrevista coletiva, citado pela agência de notícias local "Interfax".

Ao mesmo tempo, Makarov ressaltou que os "EUA podem atacar o Irã uma vez que encerrem suas tarefas no Iraque e no Afeganistão".

Para o general russo, as consequências de tal ataque seriam terríveis não só para o Irã, mas para toda a região.

"O Irã é vizinho nosso e acompanhamos atentamente a situação. O governo russo faz os esforços necessários para que isso (o ataque americano) não aconteça", explicou.

Segundo Makarov, "os americanos declararam de maneira clara e unívoca que há planos para atacar Irã" e assim já disse o chefe do Estado-Maior Conjunto dos EUA, almirante Mike Mullen.

Leia mais sobre Irã

    Leia tudo sobre: irã

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG