EUA matam um líder da Al-Qaeda no Paquistão

Abu Hafs al-Shahri foi morto no começo da semana e, segundo oficiais americanos, ele era chefe das operações terroristas no país

AP |

Oficiais dos Estados Unidos afirmam que Abu Hafs al-Shahri, um líder da Al-Qaeda, foi morto no começo desta semana em áreas tribais do Paquistão, em mais uma ação contra a rede terrorista.

De acordo com oficiais americanos, que falaram sob condição de anonimato, al-Shahri era o chefe das operações da Al-Qaeda no Paquistão.

Os agentes disseram que al-Shahri trabalhava junto ao Taleban paquistanês e foi responsável por vários ataques dentro do país. Ele também era forte candidato a assumir algumas funções do segundo no comando da Al-Qaeda, Atiyah Abd-Rahman, morto em agosto.

Al-Rahman morreu em um ataque por aviões não tripulados da CIA, da mesma forma como, aparentemente, Al-Shahri foi morto, embora as autoridades dos EUA tenham se recusado a confirmar qual o método utilizado.

Na semana passada, o Exército paquistanês anunciou que deteve Yunis al-Mauritani , um alto dirigente da Al-Qaeda, no sudoeste do país.

    Leia tudo sobre: al-qaedapaquistãoeuainfográfico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG