EUA matam alto comandante da Al Qaeda no Paquistão

Avião espião lançou mísseis sobre um refúgio rebelde na operação realizada nesta sexta-feira

EFE |

AFP
EUA bombardeiam Paquistão e matam o comandante da Al Qaeda Ilyas Kashmiri
Um avião espião americano matou na noite de sexta-feira um alto comandante da rede terrorista Al Qaeda no Paquistão, Ilyas Kashmiri, em um bombardeio na região paquistanesa do Waziristão do Sul, segundo confirmou o grupo rebelde que liderava. Um porta-voz da formação Harkat-ul-Jihad al-Islami confirmou neste sábado a morte no ataque de Kashmiri, informaram os canais televisivos paquistaneses "Express" e "Dunya".

O avião não-tripulado americano lançou na noite de sexta-feira seus mísseis contra um refúgio rebelde em Waziristão do Sul, região tribal fronteiriça com o Afeganistão, e matou pelo menos oito pessoas. Fontes oficiais paquistaneses não confirmaram à Agência Efe a morte de Kashmiri, mas admitiram o ataque aéreo em Waziristão do Sul, enquanto autoridades americanas e paquistanesas negam em público os ataques de aviões não tripulados na fronteira afegã.

Fontes de inteligência admitem, no entanto, em privado que existe colaboração entre Washington e Islamabad na luta contra os grupos rebeldes que operam na fronteira. Kashmiri, com cujo falecimento pela ação de aviões espiões se especulou em outras ocasiões, chegou no comando da Al Qaeda após a morte de Osama bin Laden no Paquistão pelas mãos de forças de elite dos EUA em 2 de maio.

No novo organograma da Al Qaeda que, segundo fontes ligadas ao mundo insurgente se formou após a morte de Bin Laden, Kashmiri passou a liderar uma das ramificações da rede terrorista, a denominada "Brigada 313". O chefe terrorista morto foi relacionado com diversos planos para atacar alvos ocidentais e com o assalto rebelde em maio a uma base militar da cidade sulina de Karachi, que manteve à Marinha paquistanesa em xeque durante 17 horas.

    Leia tudo sobre: Paquistãoal qaeda

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG