EUA manifestam cautela com trégua Israel/Hamas

A Casa Branca recebeu com prudência a notícia da trégua anunciada entre Israel e Hamas e informou esperar que a mesma signifique o fim dos atentados contra o aliado israelense, ao pressionar o grupo radical a renunciar ao terrorismo.

AFP |

"Tudo o que permite reduzir o nível de violência é uma coisa boa", disse o porta-voz da Casa Branca, Gordon Johndroe, na primeira reação oficial do governo americano.

"Esperamos que isto signifique que o Hamas deixará de lançar foguetes sobre inocentes israelenses e que conduza a um melhor clima nas discussões entre Israel e a Autoridade Palestina", acrescentou.

"Reconhecemos os esforços do Egito e esperamos que terminem rendendo", disse ao comentar o papel de intermediário do Cairo.

"Porém, para que este seja o caso, o Hamas deve fazer a escolha de se tornar um partido político legítimo e renunciar ao terrorismo. Não pode seguir fazendo as duas coisas", disse Johndroe.

lal/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG