Nadya Suleman, mãe dos óctuplos nascidos em 26 de janeiro, perto de Los Angeles, deixou o hospital onde deu à luz, mas seus bebês (seis meninos e duas meninas), prematuros, continuam em observação, anunciou o estabelecimento médico, nesta quinta-feira.

Os pequenos nasceram no Hospital Kaiser Permanence, de Bellflowe (ao sudeste de Los Angeles), por cesariana. Ontem, os médicos retiraram os aparelhos de respiração artificial, e as crianças começaram a se alimentar com leite materno, por sonda.

Desde o nascimento, o segundo caso de oito bebês no mundo, Nadya Suleman, de 33 anos, é alvo de intensa curiosidade da mídia. Nadya, que mora com os pais, já era mãe de seis filhos, com menos de sete anos, todos nascidos por fertilização in vitro, com o esperma de um único doador.

Ela já contratou um escritório de Relações Públicas para negociar os direitos, com várias editoras, para contar sua história. Sua primeira entrevista, que deve acontecer nos próximos dias, será para a rede NBC.

tq/tt

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.