As listas de alerta para suspeitos de terrorismo dos Estados Unidos foram revisadas, conforme ordenado pelo presidente Barack Obama, depois do atentado aéreo frustrado do dia de Natal, informou nesta segunda-feira um porta-voz da Casa Branca, que também falou sobre o Irã.

O porta-voz Bill Burton disse que todas as listas mantidas para determinar se uma pessoa pode ou não embarcar em um voo com destino aos EUA foram profundamente revisadas e atualizadas.

"Provavelmente, milhares e milhares e milhares de nomes foram apagados, e provavelmente dúzias foram transferidos para listas diferentes", indicou Burton à imprensa.

Falando sobre o Irã, o porta-voz da Casa Branca afirmou que "a porta ainda está aberta" para que a república islâmica forneça informações sobre seu programa nuclear antes que a comunidade internacional dê "os próximos passos" necessários.

"É claro que a porta ainda está aberta para que o Irã faça a coisa certa e cumpra com suas obrigações internacionais", afirmou.

"Passaremos pelo processo apropriado para tentar trazê-los para a mesa de negociações e fazer exatamente o que deveriam fazer", acrescentou Burton, destacando que Obama e seus principais assessores devem se reunir ainda esta semana para determinar "quais serão os próximos passos" nesta questão.

tq/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.