EUA lideram índice de marca de países no setor de viagens e turismo

Os Estados Unidos ficaram em primeiro lugar no Índice de Marca de Países (CBI, na sigla em inglês), divulgado nesta sexta-feira pela consultoria global FutureBrand em parceria com a empresa de relações públicas Weber Shandwicks Travel and Lifestyle Global Practice. O índice, que examina como os países são classificados e identifica tendências globais emergentes no setor de viagem e turismo, entrevistou cerca de 3 mil viajantes internacionais de turismo e negócios de nove países diferentes para elaborar a lista.

BBC Brasil |

Além disso, o CBI ouviu a opinião de especialistas e consultou fontes secundárias estatísticas que ligam o valor da marca aos bens, crescimento e expansão.

O Brasil só aparece entre os cinco primeiros em uma das 28 categorias, a de melhor vida noturna, junto ao Japão, Reino Unido, Estados Unidos e Tailândia. Ao todo, foram avaliados 102 países.

'Efeito Obama'
Esta é a primeira vez que os EUA ocupam a primeira posição. O Canadá voltou a ficar em segundo lugar e a Austrália, que ficou em primeiro no ano passado, caiu para a terceira posição.

"É interessante notar que os Estados Unidos subiram para o primeiro lugar neste ano. É lógico assumir que a mudança no clima político e o renovado otimismo em torno à eleição do presidente Barack Obama foi um fator de influência chave para que os EUA chegassem ao topo da lista", disse René A. Mack, presidente da Weber Shandwick's.

"Vai ser bem interessante ver o desempenho dos Estados Unidos no ano que vem e entender se foi um efeito de auréola sobre um novo presidente, ou se o país realmente consegue capitalizar nesta oportunidade para melhor criar uma marca forte", disse.

O índice também identifica tendências do mercado e aponta que, depois da recessão, os viajantes em geral procuram mais pelo seu dinheiro. O estudo também concluiu que, apesar das dificuldades econômicas, os viajantes continuam comparecendo a eventos marcantes, como casamentos ou uma partida de futebol americano, por exemplo.

O CBI também analisa o impacto da tecnologia sobre o setor de viagens e turismo, afirmando que os viajantes começam a buscar ofertas de última hora, o que significa que nem todas as viagens são planejadas com grande antecedência.

A pesquisa ainda afirma que os Emirados Árabes Unidos, a China e o Vietnã, respectivamente, são as três principais "estrelas ascendentes", que devem se tornar populares destinos turísticos nos próximos cinco anos. A Croácia, África do Sul e a Índia também fazem parte do grupo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG