O Irã demonstrou uma capacidade rudimentar de lançamento espacial ao colocar em órbita seu primeiro satélite no início de fevereiro, mas demonstrou que se aproxima do desenvolvimento de um míssil de longo alcance, afirmou um comandante militar americano.

"O lançamento é inquietante porque as tecnologias empregadas são compatíveis com as de um míssil do tipo balístico", disse o general James Cartwright, vice-chefe do Estado-Maior conjunto.

"O trabalho que realizaram é, no mínimo, rudimentar", disse.

"Não é um míssil de longo alcance e sim o caminho que leva a isto, então devemnos nos preocupar", concluiu.

jm-dab/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.