EUA lançam dura advertência à Rússia ante escalada bélica na Geórgia

A Casa Branca advertiu neste domingo a Rússia para as importantes conseqüências que uma escalada perigosa e desproporcionada da intervenção russa na Geórgia pode ter sobre as relações bilaterais.

AFP |

"Deixamos claro aos russos que se a escalada perigosa e desproporcionada de sua parte continuar, terá um impacto significativo a longo prazo nas relações entre Rússia e Estados Unidos", disse em Pequim o vice-conselheiro de segurança nacional Jim Jeffrey.

Para Jeffrey, a resposta russa à retirada das forças georgianas da Ossétia do Sul será uma "prova" reveladora das verdadeiras intenções da Rússia nesse conflito com Tblisi.

Esta foi a advertência mais veemente lançada por Washington a Moscou desde o início das hostilidades na sexta-feira.

Os Estados Unidos pedem o fim dos ataques russos, que leve a um retorno da situação antes do início dos combates e a uma retomada do diálogo, lembrou Jeffrey, que acompanha o presidente George W. Bush em sua visita a Pequim.

O vice-conselheiro considerou "particularmente preocupantes" as informações que apontam que os russos lançaram ataques terrestres na Geórgia e mais além da região da Ossétia do Sul, já que representaria uma "nova escalada da situação, que já é muito, muito grave".

    Leia tudo sobre: georgia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG