EUA lamentam saída de Moscou de discussões com Geórgia

Os Estados Unidos lamentaram nesta segunda-feira a decisão de Moscou de abandonar as negociações com a Geórgia, organizadas em Genebra, e acusaram a Rússia de boicotar deliberadamente o diálogo.

AFP |

"Os Estados Unidos estão consternados por este comportamento" da Rússia, disse à imprensa o porta-voz do departamento de Estado Ian Kelly.

"O fato da saída ter ocorrido antes do início do diálogo revela uma tentativa coordenada de boicotar as discussões", destacou Kelly sobre a retirada simultânea das delegações de Rússia e Ossétia do Sul, a região separatista georgiana.

Os russos abandonaram hoje a quinta sessão de debate sobre a segurança no Cáucaso, organizada em Genebra após o conflicto de agosto de 2008 com a Geórgia.

Segundo Moscou, a decisão foi adotada devido à ausência da Abkhásia, outra região separatista georgiana.

As conversações em Genebra, patrocinadas por União Européia (UE), ONU e Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE), reuniam desde outubro russos, georgianos e representantes de Ossétia do Sul e Abkhásia.

lc/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG