O governo dos Estados Unidos afirmou, nesta sexta-feira, que está investigando a suposta detenção de três turistas americanos no Irã. Relatos ainda não confirmados sugerem que os três teriam desaparecido quando praticavam caminhadas na região autônoma curda do Iraque, na fronteira com o Irã.

A região é considerada um destino turístico popular.

Autoridades iraquianas sugerem que os turistas possam ter sido detidos depois de cruzar a fronteira com o território iraniano. A fronteira que separa os dois países não está devidamente sinalizada na região.

O Irã ainda não comentou o incidente. Um oficial americano disse que a embaixada dos Estados Unidos em Bagdá está investigando os relatos.

"Estamos usando todos os meios disponíveis para determinar os fatos desse caso", disse o oficial do departamento de Estado, Robert Wood.

Segundo a correspondente da BBC para assuntos internacionais Emma North, a principal preocupação do governo americano, caso a detenção seja confirmada, será estabelecer quem estaria com os turistas, autoridades iranianas, militantes ou grupos independentes no país.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.