EUA investigam participação de Al Qaeda em incidente com avião

WASHINGTON (Reuters) - O envolvimento da Al Qaeda no incidente ocorrido na sexta-feira, no qual um nigeriano é acusado de tentar explodir um avião que decolou de Amsterdã para Detroit, é alvo de investigação disse neste domingo a secretária de Segurança Nacional dos EUA, Janet Napolitano. O porta-voz da Presidência dos EUA, Robert Gibbs, disse ao programa This Week, da rede ABC, que a Casa Branca está revendo uma lista do setor de segurança que contém nomes de suspeitos.

Reuters |

O governo dos Estados Unidos havia criado um arquivo com dados sobre Umar Farouk Abdulmutallab em novembro de 2009, mas não possuía informação suficiente para colocá-lo na lista de pessoas com proibição de voar ao país.

Napolitano, ao ser questionada também no programa da ABC sobre o envolvimento da rede Al Qaeda no incidente, afirmou que "é sujeito de investigação". "Seria inapropriado falar e inapropriado especular. Então vamos deixar o FBI e o sistema judiciário realizar o trabalho deles agora."

Gibbs afirmou ainda que o governo avalia como se pode revisar os procedimentos da lista que monitora suspeitos.

(Reportagem de Corbett Daly)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG