Um tribunal de apelações americano anulou nesta sexta-feira o pagamento de uma indenização por danos no valor de 357,7 milhões de dólares, que a Microsoft deveria pagar por um processo sobre licenças à Alcatel-Lucent.

A gigante americana do software acatou a sentença, mas entrou com um recurso na justiça para que o valor da indenização fosse recalculado.

chr/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.