Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

EUA: incidência de câncer registra inédita queda entre americanos

A incidência do câncer e sua taxa de mortalidade registraram uma inédita queda tanto entre homens como entre mulheres de 1999 a 2005 nos Estados Unidos, revelou documento anual dos principais órgãos de saúde americanos publicado nesta terça-feira.

AFP |

A mortalidade relacionada ao câncer está em nítida queda desde a publicação do primeiro relatório anual, há dez anos. Mas em 2008, o documento mostrou pela primeira vez uma baixa simultânea da incidência da doença e de sua taxa de mortalidade em homens e mulheres, destacaram os autores do estudo.

A taxa de mortalidade de todas as formas de câncer combinadas diminuiu 0,8% ao ano de 1999 a 2005 para ambos os sexos, caindo em média 1,8% anual de 2002 a 2005, segundo estatísticas baseadas na incidência e a mortalidade a longo prazo (1975-2005).

Além disso, a incidência de todas as manifestações de câncer caiu 1,8% anual de 2001 a 2005 entre os homens e 0,6% anual de 1998 a 2005 entre as mulheres.

A queda de ambos os fatores pode ser explicada sobretudo por uma diminuição das manifestações de câncer mais freqüentes: trata-se do câncer de pulmão, colo-retal e de próstata no caso dos homens, e o de mama e colo-retal entre as mulheres.

No entanto, a redução da taxa de mortalidade por câncer de pulmão entre as mulheres também contribuiu para criar esta tendência à baixa.

"A baixa incidência de câncer que aparece no último relatório anual era esperada havia tempo", destacou Otis Brawley, médico chefe da American Cancer Society (ACS).

"Devemos, no entanto, mostrar prudência na interpretação destas mudanças na incidência, que não poderiam senão refletir uma redução dos fatores de risco e também de mudanças nos exames de detecção", acrescentou.

js/sf/lm

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG