EUA garantem que arsenal nuclear do Paquistão está seguro

Os Estados Unidos estão satisfeitos com as medidas tomadas pelo Paquistão para garantir a segurança de seu arsenal nuclear, declarou o secretário americano da Defesa, Robert Gates, em entrevista divulgada nesta segunda-feira pelo canal de TV Al-Jazeera.

AFP |

"Estou tranquilo sobre o fato de que as medidas de segurança tomadas para o arsenal nuclear paquistanês são suficientes e adequadas", disse Gates.

Questionado sobre as garantias que tem para fazer tal afirmação, Gates respondeu: "Diria que são baseadas em nossa própria percepção das medidas que os paquistaneses tomaram para seu arsenal e seus laboratórios, mas também nas promessas que recebemos dos paquistaneses".

Na semana passada, porém, os Estados Unidos advertiram para o "risco de proliferação" que continua suscitando Abdul Qadeer Khan, o criador da bomba atômica paquistanesa, que afirmou ter recuperado total liberdade de movimento.

Washington está convencido de que Khan, que admitiu em 2004 ter repassado informações ao Irã, à Coreia do Norte e à Líbia antes de voltar atrás em suas declarações, "segue sendo um risco de proliferação", segundo afirmou no dia 1 de setembro Ian Kelly, porta-voz do departamento de Estado americano.

Gates ainda reiterou a confiança dos Estados Unidos nos serviços de inteligência paquistanês, acusados de manter ligações com combatentes fundamentalistas no Afeganistão.

Para o secretário americanos, as "conexões" entre os serviços secretos do Paquistão e grupos de combatentes no Afeganistão foram mantidas depois da guerra contra os soviéticos nos anos 80 como "cobertura" para vigiar a estabilidade do vizinho afegão.

"Trabalhamos em prol do mesmo objetivo. Confio muito nos paquistaneses", encerrou Gates.

emp/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG