maior mudança na política sobre Cuba em décadas, diz secretário - Mundo - iG" /

EUA fez maior mudança na política sobre Cuba em décadas, diz secretário

San Pedro Sula (Honduras), 3 jun (EFE).- O secretário de Estado adjunto americano para a América Latina, Thomas Shannon, disse hoje que as ações de aproximação em relação a Cuba impulsionadas por seu Governo representam a maior mudança da política dos Estados Unidos em relação à ilha em quatro décadas.

EFE |

A posição propícia dos EUA à revogação hoje da suspensão a Cuba na Organização dos Estados Americanos (OEA) e as medidas tomadas desde março pela Administração de Barack Obama "refletem a maior mudança em nossa aproximação a Cuba nos últimos 40 anos", disse Shannon perante os chanceleres na 39ª Assembleia Geral do organismo.

Destacou que a decisão adotada hoje elimina "um obstáculo" à participação de Cuba na OEA, estabelece um processo de compromissos e um "caminho para o futuro, baseado nos propósitos, princípios, valores e práticas" da instituição.

Shannon, que negociou nas últimas horas em representação da secretária de Estado americana, Hillary Clinton, que deixou a Assembleia na terça-feira para ir ao Egito, insistiu em que o texto inclua estas referências.

O funcionário americano ressaltou o papel de seu país nas negociações, ao ressaltar que apresentou uma resolução que foi a base para o resultado "histórico" do levantamento da suspensão a Cuba.

"Foi um importante passo" dado pela OEA e pelos EUA como um de seus países-membros, e vai alinhado à oferta de "um novo começo" feito por Obama a Cuba na 5ª Cúpula das Américas, disse.

Os EUA levantaram nos últimos meses as restrições às viagens e remessas de cubano-americanos, e ofereceu a Cuba um diálogo sobre emigração, lembrou Shannon, que espera que, após a resposta positiva de Havana, as conversas comecem "muito em breve". EFE cae/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG