Os Estados Unidos afirmaram nesta segunda-feira que apoiam energicamente a decisão da Suprema Corte do Afeganistão que decidiu a permanência do presidente Hamid Karzai no poder até as eleições presidenciais em agosto.

"Os Estados Unidos apoiam energicamente e cumprimenta esta decisão", disse o porta-voz do Departamento de Estado Gordon Duguid em um comunicado. "A continuidade do governo no crítico período antes das eleições é vital e contribui para criar estabilidade", continuou.

A Suprema Corte afegã decidiu domingo prorrogar o mandato de Karzai até as eleições de 20 de agosto, evitando assim um vazio no poder a partir de 21 de maio, quando deveria encerrar formalmente sua presidência.

lc/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.