Americano será julgado no México, onde esposa foi encontrada na cisterna de um hotel luxuoso em Cancún

AP
Bruce Beresford-Redman, em foto de maio
O Ministério Público mexicano anunciou neste sábado que os Estados Unidos autorizaram a extradição para o país do ex-produtor do programa de televisão "Survivor", Bruce Beresford-Redman, suspeito de assassinar a esposa brasileira, Mônica Burgos.

O corpo da mulher apareceu no dia 8 de abril de 2010 numa cisterna de tratamento de águas de um luxuoso hotel de Cancún, depois de o marido ter denunciado seu desaparecimento.

Em comunicado, a justiça mexicana informou que a entrega de Bruce Beresford-Redman será realizada em data ainda não determinada.

"O Departamento de Justiça americano, através do juiz federal Philip S. Gutiérrez, ratificou o processo de extradição, considerando que há provas suficientes para que seja julgado no México".

Ele responderá, agora, por acusações de homicídio qualificado".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.