EUA expressam satisfação com aprovação de pacto sobre tropas no Iraque

Bagdá, 4 dez (EFE) - Os Estados Unidos demonstraram hoje satisfação com a aprovação do pacto de segurança com o Iraque, ratificado no mesmo dia pelo Conselho Presidencial iraquiano, que permitirá às tropas americanas permanecer no país até 2011.

EFE |

Em comunicado emitido hoje, o embaixador dos EUA no Iraque, Ryan Crocker, e o comandante-em-chefe do Exército americano no país, general Raymond Odierno, elogiaram o pacto.

A embaixada e o comando militar americano no Iraque "começarão imediatamente a aplicar os acordos com seus parceiros iraquianos", depois de que hoje ocorreu uma troca de mensagens diplomáticas entre os dois países.

"Tomaremos iniciativas para fortalecer nossa cooperação nos âmbitos econômico, energético, de saúde, ambiental, educacional, cultural e para a aplicação da lei", afirma o texto.

Além disso, as autoridades dos EUA desejam que "prossiga a redução das tropas americanas desdobradas no Iraque, assim como a normalização das relações bilaterais como duas nações iguais e soberanas".

Os "EUA apoiarão o pedido do Iraque ao Conselho de Segurança da ONU para continuar a proteção dos recursos iraquianos", acrescentou o texto.

O acordo entrará em vigor em 1º de janeiro de 2009 e deve ser realizado um plebiscito em 30 de julho para que os iraquianos se pronunciem sobre este pacto, que regulará a presença dos 150 mil soldados americanos que atualmente restam no Iraque.

Apesar de o acordo estabelecer a retirada definitiva das tropas americanas até o final de 2011, especifica que sua presença nas ruas iraquianas deve ser limitada até o fim do primeiro semestre de 2009.

EFE am/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG