insuficiente para tirar visto de nigeriano - Mundo - iG" /

EUA: evidência era insuficiente para tirar visto de nigeriano

O departamento de Estado destacou nesta segunda-feira que a evidência para revogar o visto do nigeriano acusado de tentar explodir um avião no Natal era insuficiente, apesar da advertência feita pelo próprio pai do jovem às autoridades americanas.

AFP |

Segundo o departamento de Estado, o pai de Umar Faruk Abdulmutallab foi à embaixada dos Estados Unidos em Abuja no dia 19 de novembro (cinco dias antes do atentado) para manifestar sua preocupação com a atitude radical do filho.

A embaixada enviou esta informação no dia seguinte ao departamento de Estado e ao Centro Americano de Contraterrorismo, que coordena a inteligência entre as várias agências do governo, revelou o porta-voz do departamento de Estado Ian Kelly.

"A informação (enviada pela embaixada) foi insuficiente para que este processo de coordenação entre agências levasse à revogação do visto", destacou Kelly, precisando que ela não detalhava que Abdulmutallab tinha um visto de turista para múltiplos ingressos nos Estados Unidos, pelo prazo de dois anos, concedido pela embaixada americana em Londres no dia 16 de junho de 2008.

Abdulmutallab utilizou este visto para pegar o voo da Northwest Airlines entre Amsterdam e Detroit, apenas com passagem de ida e bagagem de mão.

Quando o avião estava para pousar em Detroit, o nigeriano tentou detonar uma substância explosiva presa à perna.

lc/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG